Notícia

Barril sobe mais de 4% em NY e fecha sesso a US$ 56,34


Os preos do barril do petrleo fecharam o prego de ontem da bolsa de
Nova York em forte alta, superando pela primeira vez desde novembro do
ano passado a marca dos US$ 56.




Na bolsa de Nova York (New York Mercantile Exchange, Nymex, o
barril do petrleo WTI para entrega em junho ganhou US$ 2,50, ou 4,64%,
em relao ao prego anterior, fechando a US$ 56,34 - foi o maior nvel
desde o fechamento de 14 de novembro de 2008, quando encerrou o dia a
US$ 57,04 por barril. Durante a sesso de ontem da bolsa nova-iorquina,
o barril chegou a atingir US$ 56,47.




No prego de Londres (InterContinental Exchange), o barril do Brent
do Mar do Norte com igual vencimento subiu US$ 2,03, ou 3,75%, para US$
56,15, na comparao com os preos do prego de tera-feira.




Depois de fechar em baixa na vspera, o mercado se recuperou com a
mudana de atitude dos investidores, tranquilizados em relao
situao dos estoques semanais de petrleo nos Estados Unidos, que
registraram uma alta menor que a esperada pelos analistas.




"Os nmeros (em relao aos estoques norte-americanos de petrleo)
de hoje no foram to baixistas quanto as expectativas do mercado e,
como o rali recente tem como base a melhora da situao econmica, os
preos (do petrleo) acompanham tambm", disse Jay Levine, corretor da
Enerjay LLC.




Um relatrio indicando que o ritmo de demisses no setor privado
diminuiu em abril e os ganhos em Wall Street tambm impulsionaram ontem
o mercado de petrleo em Nova York.




A Agncia de Informao de Energia divulgou que os estoques
domsticos de petrleo subiram 600.000 barris durante a semana
encerrada em 1 de maio, para 375,3 milhes de barris, o maior nvel
desde a semana de 7 de setembro de 1990, quando as reservas ficaram em
378,8 milhes de barris.




A alta nos estoques norte-americanos, entretanto, ficou bem abaixo
do volume previsto pelos analistas consultados pela agncia de notcias
"Dow Jones Newswires", que projetaram um aumento da ordem de 2,1
milhes de barris.





No entanto, os estoques de petrleo nos Estados Unidos permanecem em seu nvel mais alto desde setembro de 1990.




As reservas de gasolina nos EUA caram em 200 mil barris na semana
encerrada em 1 de maio, para 212,4 milhes de barris, ao passo que os
analistas esperavam uma alta de 100 mil barris.




Os estoques de produtos destilados (diesel e combustvel para
calefao) aumentaram em 2,4 milhes de barris no mesmo perodo, para
146,5 milhes de barris. Esta alta superou as estimativas dos
analistas, que era de 1,2 milho de barris.




Nic Brown, da Natixis, alertou para uma "decepo do mercado no
curto prazo", j que, "com o aumento constante dos estoques de petrleo
bruto e destilados, no seria surpreendente um recuo dos preos de
referncia na medida em que se aproxima a data do final do contrato".



Fonte: Gazeta Mercantil
Data: 07/05/2009