Notícia

Pela primeira vez, economistas preveem inflao acima de 7% em 2015

O Globo Online

Economistas do mercado
financeiro elevaram mais uma vez as projees para a inflao neste ano.
Segundo o boletim Focus divulgado nesta segunda-feira pelo Banco
Central, agora a previso que o IPCA, ndice oficial que mede a alta
de preos no pas, feche o ano em 7,01%, na quinta elevao seguida da
previso. a primeira vez que a projeo para o indicador supera o
patamar dos 7%, desde que comearam a ser calculadas estimativas para
2015.


Parte da presso sobre os preos vir dos chamados preos
administrados, como tarifas de energia e combustveis. A expectativa
para o tarifao fez a mediana de projees para essa categoria de
preos subiur pela oitava vez seguida, de 8,7% para 9%.


A reviso do clculo ocorre dias aps o Banco Central prever, na ata
da ltima reunio do Comit de Poltica Monetria (Copom) que o reajuste
nas contas de luz pode chegar a 27,5% neste ano, em meio crise vivida
pelo setor eltrico. A alta dos preos de gasolina e diesel em
decorrncia do aumento de impostos que comeou a valer neste domingo
tambm deve pesar sobre o bolso do consumidor. Levantamento do GLOBO
mostrou que o reajuste em postos de combustveis no Rio j chega a mais
de 8%.


Entre o chamado top 5″, grupo de analistas que mais acertam as
projees, o cenrio um pouco mais otimista, com inflao a 6,86% no
fim de 2015. Ainda assim, a taxa ficaria acima do limite da meta
estabelecida pelo Banco Central, de 4,5%, com 2 pontos percentuais de
tolerncia. Pelas contas da autoridade monetria, o alvo s ser
alcanado no fim de 2016, de acordo com a ata divulgada semana passada.


PIB EM QUASE ZERO


Alm da inflao elevada, os economistas preveem que a atividade
econmica ficar praticamente estagnada neste ano. A mediana das
projees para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) caiu de
0,13% para apenas 0,03% na quinta reviso para baixo consecutiva. A
previso para o ano que vem tambm foi cortada, de 1,54% para 1,5%
segunda reduo seguida.


Em relao aos juros, o mercado continua a ver a taxa bsica Selic em
12,5% no fim do ano. Isso significa que os analistas esperam mais uma
elevao de 0,25 ponto percentual nos juros e, por enquanto, acreditam
que o Banco Central interromper o ciclo de altas por a. Para 2016, a
expectativa de um ligeiro alvio, com os juros bsicos caindo a 11,5%
at o fim do ano que vem.
Data: 02/02/2015