Notícia

Percentual de lcool na gasolina deve ter reduo

O governo estuda reduzir o percentual de lcool combustvel que
misturado gasolina para tentar minimizar efeitos na inflao.




O preo do lcool subiu nos ltimos meses e, como o produto misturado
gasolina, encarece o derivado do petrleo, cujo preo determinado
pela Petrobras.




O objetivo da reduo da mistura evitar que a inflao saia da
meta. Nos ltimos 12 meses, a alta de 6,01%. O centro da meta de
4,50%, com uma banda varivel de dois pontos percentuais.




A gasolina o segundo subitem mais importante do ndice oficial de
inflao. No primeiro bimestre, o combustvel ficou 1,13% mais caro,
segundo o IBGE.





Em So Paulo, o litro da gasolina subiu 2,2% nas ltimas quatro semanas, segundo a ANP. O lcool, 10%.





A gasolina vendida nos postos tem mistura de 25% do combustvel renovvel.




H uma corrente dentro do governo que quer aguardar o fim da
entressafra da produo de lcool, entre abril e maio, quando a
tendncia que os preos comecem a cair. Essa posio vem
prevalecendo, mas a disparada do preo ligou o sinal de alerta.




No mexer no percentual de lcool evitaria que a Petrobras
ampliasse a importao de gasolina. Comprar gasolina no exterior mais
caro e impactaria no resultado da estatal, mas no na inflao.




O governo j adotou a reduo da mistura algumas vezes. A ltima
foi no ano passado, quando a concentrao de lcool na gasolina caiu de
25% para 20% durante quatro meses.




A alta do preo do lcool veio mais forte neste ano devido quebra
da safra de acar na ndia, principal fornecedor do produto.




Produtores passaram a direcionar a colheita da cana-de-acar para
maior aproveitamento de acar, diminuindo a oferta de lcool.




Segundo Paulo Miranda, presidente da Fecombustveis, a situao s
deve se normalizar a partir da segunda quinzena de abril, quando cerca
de 80% das usinas voltam a operar. Para ele, uma mudana na proporo
de lcool na gasolina seria muito custosa para um perodo to curto de
tempo.





Em reunio na semana passada, usineiros chegaram a pedir apoio do governo para facilitar a importao de lcool anidro dos EUA.




"Ampliar a importao de gasolina mais simples, h um grande
mercado no mundo, mas isso deve pressionar o lucro da Petrobras",
avalia Rafael Schechtman, diretor do CBIE (Centro Brasileiro de
Infraestrutura).



Fonte: Folha de So Paulo
Data: 25/03/2011