Notícia

Ateno na hora de abastecer


A partir de 1 de fevereiro a mistura do lcool anidro na gasolina
passar dos atuais 25% para 20%, numa tentativa do governo de tentar
manter o abastecimento de lcool e o seu preo durante o perodo de
entressafra da cana-de-acar no Centro-Sul do Pas. Por meio de
testes, o consumidor pode saber se o posto em que ele abastece o carro
est vendendo o produto dentro das especificaes. Este apenas um
deles. Os estabelecimentos so obrigados a oferecer trs testes
obrigatrios que demonstram para o cliente a qualidade do combustvel
vendido. Para o sindicato dos postos (Sindicombustveis), ao exigir a
prova, o consumidor exercendo seu direito e, de quebra, melhorando um
mercado que sofre com a concorrncia desleal. De uma forma geral, as
adulteraes acontecem para aumentar a lucratividade tirando dos
concorrentes e, pior, dos clientes, que ainda podem ter o carro
danificado pelas modificaes.



O cliente deve desconfiar de postos que vendem com preos muito abaixo
do mercado. um indcio e, neste caso, adequado solicitar os testes
que devem ser feitos na presena do cliente, comenta o diretor do
Sindicombustveis, Wladimir Figueiredo. Em Pernambuco, de acordo com a
Agncia Nacional do Petrleo (ANP), as chances do motorista abastecer
seu carro com combustvel adulterado de 3,4% no caso do diesel, 2,2%
na gasolina e 1,5% no lcool. No Serto este percentual sobe para 6,5%
no diesel e 4,3% no lcool em municpios como Arcoverde, Serra Talhada
e Sertnia.



Os testes que o cliente pode solicitar so o do teor de lcool na
gasolina e o da massa especfica da gasolina e diesel (ou peso do
lcool) que servem para verificar se os combustveis esto ou no
adulterados e tambm a prova do aferidor, que atesta se a quantidade
mostrada na bomba est realmente indo para o tanque.



Para realizar os trs testes os estabelecimentos so obrigados a ter
uma bateria de itens de demonstrao, sob pena de receberem multa de R$
5 mil pelo descumprimento. Um desses artigos, alis, a placa que
mostra a razo social do posto e o nmero de denncias da ANP (0800 970
0267). Os outros so instrumentos utilizados nos testes: proveta de
1000 ml, proveta de 100 ml, termmetro de escala de -10C a 50C, dois
decmetros para gasolina, dois para diesel e dois de lcool, tabela de
converso dos trs produtos e um aferidor. Alm disso, claro, os
funcionrios tm de saber utilizar este material de teste.






Fonte: Jornal do Commercio/PE
Data: 18/01/2010